Ter Voz


Partido Socialista
Partido Socialista
Secção de Benfica e
São Domingos de Benfica
Lisboa
Portugal em Acção

Verba Volant,
Scripta Manent



Estamos constantemente a utilizar termos que têm uma intenção e uma extensão que não são inteiramente aptas;
teoricamente, são em princípio criados para serem aptos;
mas se não o conseguem, então terá de ser encontrada uma outra maneira qualquer de lidarmos com eles, de modo que possamos saber em qualquer momento aquilo que pretendemos significar.
T.S.Eliot








Arquivos
Abril 2003

Maio 2003

Junho 2003

Julho 2003

Agosto 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004


Contacto @mail
Ter Voz


* Membro efectivo *
BlogA!?




Blogs PS
Blog Vozeirão Virtual

Blog Forum Cidade

Atitude
Baixo Alentejo
O Desenvolvimento sustentável
Fórum Cidade
Independências
Notícias breves PS Santarém
Política com arte
Vereadores PS Câmara Lagoa
Vozeirão Virtual


Apontadores e Alojamento Blog
Bloco Notas
Blogo
Blogs em PT
Blogs no Sapo
Frescos
Weblog.com.pt (Pt)


Para saber...
Portal Maçónico
Opus Dei
Estudos sobre o Comunismo (Pt)


Toma lá...
Abrupto
Quadratura do círculo

Toma lá... Dá cá...
<- A ->
Adufe (Pt)
Almocreve das Petas
Analiticamente Incorrecto
Anarca Constipado
Ânimo
Arte de Opinar (Pt)
Avatares de um desejo
Aviz

<- B ->
Barnabé (Pt)
Bazonga da Kilumba
Bloga!? (Pt) *
Blogame Mucho
Blogo Social Português
Bloguítica
Bota a cima (Br)
Buba
O Bugue

<- C ->
O Carimbo
Causa Nossa
Cidadão Livre
Congeminações (Pt)
Cruzes Canhoto

<- D ->
Daedalus
Dentadas
Desblogueador de Conversa
Descrédito
Des-encantos
Dicionário do Diabo

<- E ->
A Espada Relativa
Estaleiro
Exacto

<- F ->
Os Filhos da Madrugada (Pt)
Fumaças (Pt)

<- G ->
Gang-Grupo Arquitectos
Gato Fedorento
Glória Fácil
Governância
Grande Loja Queijo Limiano

<- I ->
Indis(pensáveis)
Irreflexões

<- J ->
Jaquinzinhos
Janela para o Rio (Pt)
Jornalismo e comunicação
O Jumento

<- K ->
Klepsýdra

<- L ->
Laranja Amarga (Pt)
Liberdade de Expressão
Linhas de Esquerda

<- M ->
Mar de Abrantes
Marretas
Mar Salgado
Mata-Mouros
Memória Virtual (Pt)
Mephistopheles
Método Eleitoral *
Miniscente
O Miradouro

<- N ->
A Natureza do mal
Nimbypolis
Notas Verbais

<- P ->
O País Relativo
Paulo Gorjão
Para mim tanto faz
No Parapeito
Penduras
Pedra no Charco
A Pente Fino
Pessoal in Transmissível
Picuinhices
Poetry Café (Pt)
Pelourinho de Lisboa
Ponto Media
Ponto e Vírgula
A Praia
O Prazer da política

<- Q ->
4ª Ferida Narcisica

<- R ->
Respirar o Mesmo Ar

<- S ->
Satyricon
Ser Português(Ter que)
Silêncio (Pt)
Solidariedade Blog *
Solistência (Br)

<- T ->
Tá de Chuva (Pt)
Tanto País (scheeko) (Pt)
A Teia
Terra do Sol
Terras do Nunca
Tlix
A Toca do Gato
Três Tesas não pagam dívidas (Pt)
Tugir em português

<- U ->
Último Reduto (Pt)
Umbigómetro (Pt)

<- V ->
A Verdade da Mentira (Pt)
Veto Político
Viva Espanha

* Blog's colectivos de que o Ter Voz faz parte

RIP
Politicamente incorrecto


Technorati

Jiminy Cricket

Contador (site) Contador (site) Contador (site) Contador (ext) Contador (ext)






Partido Socialista
Benfica e
São Domingos de Benfica
Lisboa



a Secção Outubro-Dezembro 2003
a Secção
Outubro/Dezembro 2003






Google
Outros WebSites

Partido Socialista
Site Oficial do PS

GP PS
Grupo Parlamentar PS

Benfica/S.Domingos Benfica
Benfica/S.Domingos Benfica


Euro2004


Blog Ter Voz
www.tervoz.blogspot.com




Ter Voz
Um Projecto a dois anos para o
PS Benfica e São Domingos de Benfica - Lisboa

terça-feira, janeiro 20, 2004
 
[0122/2004] (count down 00)
Partido Socialista - 30 anos

PS 30 anos

Dado que a Secção abre em breve o processo eleitoral interno para os órgãos dirigentes da sua estrutura, entendeu o Gestor do Blog e Coordenador da Secção suspender as actividades na Internet por forma a garantir a imparcialidade dos instrumentos da Secção.
A reactivação deste espaço será decisão do futuro Secretariado.
Fica o agradecimento a todos os que interagiram com o Ter Voz, "linkando-o", comentando neste espaço, comentando os textos publicados nos respectivos Blog's, ou contactando-nos por E-mail.
Para todos os comentadores residentes, em especial ao Carlos Castro (CMC) sem quem nunca teria sido possível atingir a qualidade deste espaço, fica o público agradecimento por terem "embarcado" neste projecto que, continuo convencido, significa uma nova forma de "estar na política".
Para todos um grande abraço.
Luís Novaes Tito
1/20/2004 02:44:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



segunda-feira, janeiro 19, 2004
 
JFK

[0121/2004] (count down 01)
Dia D

Um homem faz o que deve, a despeito das consequências pessoais, a despeito dos obstáculos, perigos e pressões – e é esta a base de toda a moralidade humana.
JFK

Todos os dias são diferentes, mesmo parecendo iguais. Todos os dias colocam novos desafios, ainda que pareçam diferentes. Todos os dias acabam por conhecer a moralidade de quem a tem.
As opções fazem-se com base nas convicções e por mais duras que possam custar as escolhas, a consciência de quem está moralmente tranquilo superará todos os obstáculos.
Hoje, um novo desafio é colocado.
CMC
1/19/2004 07:22:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
Fernando Pessoa[0120/2004] (count down 01)
Nevoeiro

É sempre tempo de agradecer a Fernando Pessoa as palavras que deixou gravadas para que, por ele, as usemos quando necessário.
São tempos de nevoeiro, de bruma, de fumo, que vivemos num País que teima em fado e submissão.
São tempos de esclarecimento, de clarificação, para que se não perca o sinal de reprovação.
Força, Pessoa! É a hora!

Boa semana, Camaradas!

Nem rei nem lei, nem paz nem guerra,
Define com perfil e ser
Este fulgor baço da terra
Que é Portugal a entristecer -
Brilho sem luz e sem arder,
Como o que o fogo-fátuo encerra.

Ninguém sabe que coisa quer.
Ninguém conhece que alma tem,
Nem o que é mal nem o que é bem.
(Que ânsia distante perto chora?)
Tudo é disperso, nada é inteiro.
Ó Portugal, hoje és nevoeiro...

É a Hora!
LT
1/19/2004 05:24:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
Magia

[0119/2004] (count down 01)
Nada na manga, tudo na mão

Para grande admiração, de muitos, eu inclusive, o senhor diz-nos na entrevista que vai ganhar as eleições, seja como independente ou coligado, tanto à direita como à esquerda, com o seu partido, em listas próprias, não.
É caso para perguntar ao senhor o que é que ele concebe: valerá a pena alguém concorrer, para além da sua lista?
CMC
1/19/2004 03:16:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
Envelope[0118/2004] (count down 01)
Bloguítica Newsletter

Como se fazer parte da lista das Europeias fosse fuga para alguma coisa...
LT
(Post disponível apenas no Newsletter (BN: 19/1/2004)
1/19/2004 02:15:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



domingo, janeiro 18, 2004
 
Túnel Amoreiras[0117/2004] (count down 02)
Algo está mal...

Um advogado tenta colocar em causa o túnel mandado escavar pela autarquia. Ontem, o canal de Carnaxide colocou no ar o porquê desta iniciativa, de um cidadão, junto da casa da Justiça. A SIC tenta entrar em contacto com os responsáveis do município. Entre ontem e hoje, nada. Aliás, houve uma conferência de imprensa marcada pelo Vereador do pelouro, para as 18 horas de domingo e à última hora foi desmarcada.
Às 20 horas, no Jornal da Noite, por incrível que possa parecer, mas foi aquilo que aconteceu, a pessoa que devia prestar as declarações por parte da Câmara não apareceu, devido à sua incomunicabilidade e eis que surge um governante, por sinal, antigo Vereador do município a prestar declarações, na qualidade de antigo Vereador, como fez questão de afirmar inicialmente, isto depois do jornalista demonstrar o seu espanto por ser um Ministro e não o devido Vereador.
Resumindo: há algo que não bate certo. Quem governa a cidade refugia-se no silêncio, quem já não tem responsabilidades no município é que presta declarações.
Não me alongo mais, por que o referido canal vai apresentar uma entrevista a quem ainda não disse nada sobre este assunto do túnel e estou interessado em ouvir o que nos tem a dizer o senhor. Também o objectivo de aparecer é outro e a cidade fica, ou melhor, não fica no interesse prioritário.
Recordo-me, no ano das últimas eleições autárquicas, o famigerado apresentador convidou os então 4 candidatos à Câmara de Lisboa e só João Soares e outro candidato de esquerda apareceram. Os dois representantes da Direita não estavam disponíveis.
Opções! Quando interessa, aparece-se, quando se está em xeque, foge-se.
CMC
1/18/2004 11:33:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Quadratura do Círculo

[0116/2004] (count down 02)
Blog Quadratura do Círculo

Pode ser que sim, que seja!
Ou será a intersecção no circo?
LT
1/18/2004 09:12:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Expresso[0115/2004] (count down 02)
Expresso, Desenvolvimento Sustentável e ainda os blogues partidários

Ao passar pelo Reduto do Pedro confronto-me com a indignação do próprio Pedro e de outras pessoas em relação ao Expresso. Preferem poupar os 3 €uros de sábado e optam por gastá-los à sexta, noutro semanário. Esta poupança está aliada a outro facto que o Pedro questiona em jeito de resposta: não se sabe nada, depois de ler o Expresso.
De facto, nesta matéria, como em muitas outras, temos opiniões completamente distintas.
Caro Pedro, um exemplo de algo que esta semana o Expresso deu destaque e que não vi, ou me apercebi, noutros jornais: desenvolvimento sustentável. Ocorreu, na passada semana, em Lisboa, o último encontro que encerrou o ciclo de conferências relacionadas com esta matéria. Foram oradores António Guterres (são necessárias apresentações?) e Jan Pronk, antigo Ministro neerlandês do Ambiente e enviado da ONU, à Cimeira de Joanesburgo, como representante de Koffi Annan.
Há sempre matéria de grande interesse no Expresso, para além das sempre inevitáveis leituras dos diversos articulistas.Blog'sNo que se refere ao Desenvolvimento Sustentável, que será um assunto do ano, isto porque, quer o Presidente da República, quer o nosso Primeiro já fizeram saber que vão apostar neste ponto importante para o globo e para a Humanidade no presente ano de 2004.
Primeiro, o inquilino Belém fez saber que terá uma intervenção mais determinada neste domínio, depois o residente em São Bento anunciou a criação do Plano Nacional para o Desenvolvimento Sustentável.
De qualquer forma, e uma vez mais, o PS, no domínio bloguístico, já tem presença marcada e enriquecerá, em muito, o debate e a reflexão em torno destas questões do Desenvolvimento Sustentável e Ambiente, e também, naturalmente, noutras áreas.
Soube que houve algumas dificuldades iniciais, mas brevemente o blog Desenvolvimento Sustentável, da respectiva Secção Sectorial, vai dar início à sua actividade.
Ainda a propósito do diálogo tido noutros textos, sobre blogues partidários, importa realçar novamente o facto dos blogues partidários estarem a dar os primeiros passos. Por enquanto, só o PS está neste universo bloguístico. Mas em parte, este também é um sinal da forma de estar de cada partido político e dos seus militantes. Uns dialogam dentro e fora das paredes das sedes partidárias sem qualquer problema de identidade política e pessoal, outros remetem-se à sua redoma partidária.
Por isso, caro Pedro, o Diálogo, entre e dos socialistas portugueses não é de retórica, é um facto.
CMC
1/18/2004 07:37:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
João Paulo II[0114/2004] (count down 02)
Revolução

Depois de muitos anos, assumindo uma postura conservadora, a face que em parte contribuiu para a queda dos muros vermelhos existentes na Europa e no mundo, o cidadão Karol Wojtyla tem assumido nos últimos anos uma postura mais liberal.
O diálogo com outras confissões, o pedido de perdão aos judeus, a oposição à guerra no Iraque e hoje esta declaração.
Quem sabe, se um dos próximos passos não será o apelo ao uso de preservativo.
A pequena e lenta mudança de posições da Igreja Católica, nos últimos anos, deve-se em primeiro lugar a este Homem.
Neste momento, a sua sucessão é determinante e: ou a Igreja regressa a um passado ou enfrenta um futuro. Karol Wojtyla está a dar e a querer promover os primeiros passos neste novo milénio em direcção ao futuro. Será que dentro da Igreja outros crentes estarão dispostos a assumir esta missão?
Esta é uma questão muito mais digna de reflexão e debate, por exemplo no seio de alguns Camaradas socialistas que assumem a sua fé, em diálogo com outros Camaradas, em vez de andarem publicamente a manifestar acordo ou desacordo em matéria que não é digna do ponto de vista do respeito Humano de manipulação, como é o caso da Interrupção Voluntária da Gravidez.
CMC
1/18/2004 05:14:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Dean
[0113/2004] (count down 02)
Batalhas militares e eleitorais

Howard Den está certo quando afirma que os E.U.A. não está mais seguro depois da detenção do facínora. Se a terra do Tio Sam não está, o Iraque continua às avessas.
Pelos vistos, agora, até os inspiradores de G.W.B. pretendem desmarcar-se do Presidente.
Entretanto, a contagem continua, e amanhã, em Iowa, começa uma disputa eleitoral que se prevê muito competitiva.
CMC
1/18/2004 04:56:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Portugal[0112/2004] (count down 02)
Paris - Dakar
Parabéns Elisabete Jacinto, Bernardo Vilar e Paulo Marques


Os nossos compatriotas não só alcançaram a sua meta inicial, chegar à capital senegalesa, como obtiveram lugares honrosos.
Elisabete Jacinto passa a fazer parte de um grupo muito restrito de mulheres que alcançaram, na categoria de camiões, a etapa final. Ficou em 26º lugar. Bernardo Vilar e Paulo Marques no 25º lugar.
Estes resultados foram conquistados num ano em que o número de participantes portugueses foi dos mais pequenos de sempre. Os que entraram chegaram ao fim e com boas classificações.
CMC
1/18/2004 02:49:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Escher Mobius[0111/2004] (count down 02)
Comunidades artificiais

A semana que terminou levou o governo a passear-se pelo norte e centro do país. No norte anunciou a criação de uma "comunidade" artificial, no centro anunciou um desconhecido modelo de formação da administração pública , que ele próprio classificou de qualidade, evidentemente para ser controlada pelos mecenas empresários e universidades, de certo privadas!...
Continuamos no plano da acção fragmentada e sem o suporte global de um projecto de organização moderna do país.
Sem um modelo espacial do estado, como se pode projectar uma administração pública? Continuamos nesta matéria com a reorganização territorial do estado elaborada há mais de 200 anos durante o governo de D. Maria I. A política e os interesses têm ditado pequenas alterações sem verdadeiramente ir ao cerne da questão e sem ter em conta o que dizem os cientistas deste país. Relativamente às comunidades inter-municipais ocorre-me pensar que mais do que criatividade, este governo tendo optado antes por dificultar a Regionalização por questões politico-partidárias sem qualquer base técnico-cientifica, vem mais uma vez torpedear o principio constitucional para responder a dificuldades conjunturais.
Como tem sido definido e defendido por antropólogos e académicos, em Portugal não existem comunidades, com raríssimas excepções de todos conhecidas. Uma comunidade não se constrói por decreto mas a partir da existência de valores colectivos, instituições seculares, condutas rígidas de grupo e códigos ontológicos muito fechados. Em Portugal predomina um individualismo inconfundível que não se transforma facilmente em comunidade. Uma comunidade é um "lugar" com alma. As comunidades que este governo decidiu criar são artificiais, aumentam a «polissemia» do espaço, criam novas dependências e em nada respondem á necessidade de reorganizar territorialmente o país.
Rosa de Luxemburgo
1/18/2004 01:38:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Figueiredo Sobral - Ary Santos[0110/2004] (count down 02)
Poeta castrado, não!


Serei tudo o que disserem
Por inveja ou negação:
Cabeçudo dromedário
Fogueira de exibição
Teorema corolário
Poema de mão em mão
Lãzudo publicitário
Malabarista cabrão.
Serei tudo o que quiserem:
Poeta castrado, não!

Os que entendem como eu
As linhas com que me escrevo
Reconhecem o que é meu
Em tudo quanto lhes devo:
Ternura como já disse
Sempre que faço um poema;
Saudade que se partisse
Me alagaria de pena;
E também uma alegria
Uma coragem serena
Em renegar a poesia
Quando ela nos envenena.

Os que entendem como eu
A força que tem um verso
Reconhecem o que é seu
Quando lhes mostro o reverso:
Da fome já não se fala
-É tão vulgar que nos cansa-
Mas que dizer de uma bala
Num esqueleto de criança?

Do frio não reza a história
-a morte é branda e letal-
Mas que dizer da memória
De uma bomba de napalm?

E o resto que pode ser
O poema dia a dia?
-Um bisturi a crescer
Nas coxas de uma judia;
Um filho que vai nascer
Parido por asfixia?!
-Ah não me venham dizer
Que é fonética a poesia!

Serei tudo o que disserem
Por temor ou negação:
Demagogo mau profeta
Falso médico ladrão
Prostituta proxeneta
Espoleta televisão.
Serei tudo o que disserem:
Poeta castrado, não!
José Carlos Ary dos Santos

Faz hoje 20 anos que José Carlos Ary dos Santos deixou de estar entre nós.
CMC
1/18/2004 01:33:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Sunday[0109/2004] (count down 02)
Bom Domingo

Com a reprodução de uma boa sugestão para este Domingo.
Já que não poderemos dar um salto até ao The Metropolitan Museum of Art
( Spring - Ben Shahn)
LT
1/18/2004 02:20:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Portugal[0108/2004] (count down 02)
NacionalidadeSobre a questão referente a "gerações de imigrantes" que deixei mais abaixo, transcrevo da Lei da Nacionalidade Portuguesa algumas alíneas onde se define português de origem:
"Os indivíduos nascidos em território português quando não possuam outra nacionalidade. Presumem-se nascidos em território português ou sob administração portuguesa, salvo prova em contrário, os recém-nascidos expostos naqueles territórios."
Estas questões têm resposta no WebSite do Alto Comissariado para a Imigração e Minorias Étnicas.
Assim sendo, volto ao incompreensível da notícia de o Independente, a não ser que as tais 2ªs e 3ªs gerações de que fala sejam de cidadãos que optaram por não ter nacionalidade portuguesa.
LT
1/18/2004 12:58:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Mary Robinson
[0107/2004] (count down 02)
Aí estão, as armas de destruição maciça que ninguém quer ver

A lucidez de uma pessoa que conhece bem o mundo onde habita.
É uma das referências mundiais dos Direitos Humanos e uma grande Mulher.
CMC
1/18/2004 12:01:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



sábado, janeiro 17, 2004
 
Caravelas[0106/2004] (count down 03)
Pedido de esclarecimento
Gostaria que alguém me pudesse ajudar respondendo às três questões que aqui deixo:
1 - Quantas gerações são precisas para que os imigrantes deixem de ser gerações de imigrantes? (2, 3, 4, nunca?)
2 - O que levará um carapau amarafado a estar, por uma vez, de acordo com um Blog com voz?
3 - O que fará José Sá Fernandes pedir o embargo das obras de construção do túnel das Amoreiras?
Agradeço a quem tenha respostas, as deixe ficar na respectiva caixa de comentários.
Agradecido.
LT
1/17/2004 08:24:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Wiranto



[0105/2004] (count down 03)
Indonésia

O militar cantor e sobretudo sanguinário quer ser Presidente do seu país.
Há muito que devia ser companheiro de Milosevic e receber o capturado iraquiano.
A Democracia... o pior dos sistemas, com a excepção de todos os outros.
CMC
1/17/2004 07:07:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
DO27 Moçambique
[0104/2004] (count down 03)
Promessas

Vinda de quem vem, a falácia já era conhecida. A prova de tal bandeira demagógica comprova-se.
Entretanto, a companheira de Conselho vai continuar a vender os anéis e os dedos ao mesmo tempo que escava o fosso do défice, enquanto este cavalheiro emprega a rua de cidadãs e cidadãos.
CMC
1/17/2004 06:12:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
If


[0103/2004] (count down 03)
Se... [ III ]

Se isto fosse um Blog do PPD/PSD eu diria que:
- Freitas do Amaral - seria um bom Presidente da República;
- Bagão Félix - seria um bom Presidente da Assembleia da República;
- Pedro Santana Lopes - seria um bom Primeiro-Ministro;
- Paulo Portas - seria um bom Presidente da CML;
- Celeste Cardona - seria uma boa PGR.
Como não é, não me pronuncio.
LT
1/17/2004 05:52:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Validade

[0102/2004] (count down 03)
A política da validade

Os portugueses já sabem qual é o prazo de validade deste Governo: 2006 e não necessitam de ler o seu rótulo.
Para já o rótulo do prazo de validade deste desGoverno dá-nos a seguinte indicação.
Ao ponto que isto chegou. Nem têm eira nem beira, somente estar no Poder pelo poder. Como pode o país ter rumo com estes governantes? Nem para governar a Betesga, quanto mais o Rossio!
CMC
1/17/2004 05:29:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
URSS[0101/2004] (count down 03)
O que se passará dentro do partido com paredes de vidro?

As últimas declarações do Secretário-Geral do PCP demonstram as grandes fissuras do muro comunista português. 15 anos depois tornam-se ainda mais visíveis.
Chegar ao ponto de afirmar, sem receios, que o PCP por si só não é alternativa a este poder nocivo e a necessidade de formar coligações, entenda-se com o PS, é a única saída possível para devolver ao país a esperança e a pujança urgentemente necessárias para sairmos deste estado pré-comatoso, pode querer significar a queda, a breve trecho, de muitos muros ideológicos no seio do Comité Central.
Haverá cisão interna? Ela já existia. Basta relembrar a bancada no Parlamento de há poucos anos, onde os renovadores tentaram abrir o caminho a um comunismo democrático do século XXI. Hoje, a principal Alma desse grupo desapareceu. Luís Sá, João Amaral. Resta Octávio Teixeira, mas este já não se senta no Palácio de São Bento por opção pessoal.
Feita a limpeza nas listas, vergonhosa com a exclusão de João Amaral, resta à Ala Liberal comunista António Filipe e Lino de Carvalho.
O jovem, que por ser tenro ainda é mais ortodoxo, líder da bancada não é sinal de alento para os mais saudosistas do ano de 1917. Os mais experientes continuam a defender bandeiras de um proletariado que se extinguiu há muito do nosso país.
António Barreto, num dos seus artigos dominicais, escreveu, há poucos anos, que ou o PCP muda e acaba, ou o PCP não muda e acaba. Discordo da sua visão, por que enquanto o mundo for mundo, haverá sempre um comunista em cada pátria. Todavia, a realidade com que o presente PCP se confronta é melindrosa, do ponto de vista de utilidade política. As bandeiras a defender não existem. Os objectivos a alcançarem não existem. Restam, por enquanto, os velhos manuais de Vladimir Ilich Ulianov.
Ao líder histórico de sempre, os militantes do PCP devem admiração, o que não deviam continuar a dever, é a cegueira com que o seguem. Mas, cada um segue aquilo em que crê acreditar.
Presentemente, o líder máximo dos comunistas portugueses coloca a dúvida em cima da mesa. E agora PCP, Que fazer?, como diria a chama que ilumina a Alma vermelha.
As paredes de vidro começam a deixar de estar embaciadas e o ponto de ruptura está entre o pano que deve descer ou a transparência que deve emergir.
CMC
1/17/2004 02:25:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
PopeyeOlive Oil
[0100/2004] (count down 03)
Parabéns

Depois das felicitações ao Rato Mickey e ao Tintim, desta vez os parabéns dirigem-se para um dos marinheiros mais famosos do mundo: Popeye. 75 anos!
Talvez, mais tarde, marche uma sopinha de espinafres.
CMC
PS : - Li no Janela para o Rio. Obrigado Nuno.
1/17/2004 02:33:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Magritte

[0099/2004] (count down 03)
Debaixo da sombra da Lua [ III ]

De noite, madrugada dentro, passo por ela umas boas horas de pálpebras despertas. Sinto-me bem no conforto do sossego, que só os noctívagos assíduos conhecem e saboreiam.
As palavras saem sem incómodo, da mesma forma como quem num belo fim de tarde assiste ao Sol, que não se mexe, descer pela linha do horizonte.
Neste momento, em que não tenho o Sol a andar, busco outros passos e não os persigo, ouço-os e as palavras acabam por ser desnecessárias para bordar o instante, pois as cordas falam sem tibieza.
Passa das duas da manhã. O som do silêncio tem mais magnetismo quando serve de pano de fundo no tempo em que o ouço.
CMC
1/17/2004 02:20:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
If


[0098/2004] (count down 03)
Se... [ II ]

Se isto fosse um Blog do MRPP eu diria que:
- Arnaldo Matos - seria um bom Presidente da República;
- Saldanha Sanches - seria um bom Presidente da Assembleia da República;
- Durão Barroso - seria um bom Primeiro-Ministro;
- Maria José Morgado - seria uma boa Presidente da CML;
- Margarida Blasco - seria uma boa Ministra da Defesa e da Segurança do Estado.
Como não é, não me pronuncio.
LT
1/17/2004 01:18:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
If

[0097/2004] (count down 03)
Se... [ I ]


Se isto fosse um blog independente eu diria que:
- Vera Jardim - seria um bom Presidente da República;
- António Vitorino - seria um bom Presidente da Assembleia da República;
- Ferro Rodrigues - seria um bom Primeiro-Ministro;
- Mega Ferreira - seria um bom Presidente da CML.
Como não é, não me pronuncio.
LT
1/17/2004 12:15:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
avestruz[0096/2004] (count down 03)
A grande marca deste desGoverno

Qualquer Governo trabalha. Não tenhamos dúvidas. Dizer o contrário seria falacioso.
Este tem a sua marca e forma de governar.
Ainda dizem que não há diferenças? Que os executivos anteriores, liderados pelo PS, eram péssimos, não serviam o país?
Francamente, é sobretudo por isto que eu não aprovo este Governo. É uma grande façanha, se é! 8 pessoas por hora!!!
Ainda dizem que é a bem de todos nós, que temos de compreender. É preciso ter muita lata.
CMC
1/17/2004 12:00:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



sexta-feira, janeiro 16, 2004
 
Ânimos de Ouro 2003[0095/2004] (count down 04)
Mais importante que a Sociedade de Geografia (ACT.)

Não fosse esta minha teoria de que os conhecimentos virtuais assim se devem manter, estaria a esta hora na Valenciana a beber um licor à saúde do vencedor dos "Ânimos de Ouro 2003".
Jantem bem e divirtam-se!
Que ganhe o pior!
Jiminy Cricket
(ACT.) : Parabéns Rui. Há muito que merecias o Ouro.
1/16/2004 11:03:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Marte[0094/2004] (count down 04)
Marcianos

Já desceram á terra e iniciaram um processo de incorporação para poderem enviar mensagens perceptíveis por parte dos terráqueos... O primeiro marciano a corporizar em estado actual foi Carvalhas. Imaginem que o Secretário-Geral até já sonha com alianças com o PS.
O que o planeta vermelho é capaz de fazer !
Depois das fotografias de Marte, só mesmo esta ilusa e futurista mensagem para nos fazer sair do estado de torpor em que este governo nos deixa.
Rosa de Luxemburgo
1/16/2004 02:21:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Marte Rover[0093/2004] (count down 04)
Marcianos

Enquanto decorre a missão M2K4 e GWB promete o "Céu e a Terra" na gringolândia para ver se os seus eleitores esquecem os sacos negros que vão regressando da aventura iraquiana, por cá, coisas mais comezinhas como o segundo ano de aumento ZERO na Administração Pública (enquanto os incompetentes gestores hospitalares multiplicam os proventos), a calamidade do desemprego, a economia no fundo do poço e as máscaras para esconder o défice, continuam na ordem do dia.
O líder do maior Partido da situação perde-se em devaneios e análises sobre a oposição, agora que, finalmente, começa a entender que o estado miserável em que Portugal se encontra, é da responsabilidade do Governo que preside. Um Governo que para tudo tinha soluções e que ao fim de dois anos continua a exigir sacrifícios dando em troca, uma mão cheia de coisa nenhuma.
Faltava mais um milagre conseguido pelo líder do ínfimo Partido da situação. Nem com a graça divina que o Moderno PP evoca, estes senhores fazem alguma coisa de borla.
LT
1/16/2004 11:48:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Nasa - Mars Exploration Rover Mission

[0092/2004] (count down 04)
Fly me to the Moon

Um quer ir para Marte e imediatamente o outro reage e deseja seguir as peugadas espaciais... amores antigos.
A guerra deixou de ser fria e passará dentro de alguns anos a ser morna. Regressarão novas séries e novos filmes. A galeria das preciosidades espaciais continuará a ter, por enquanto, símbolos de referência como a cadela Laika e o capitão Spok.
Ai eu quase no deserto e Marte aqui tão perto…
CMC

Nasa - Mars Exploration Rover Mission

Vamos lá! Larguem o teclado, chamem os miúdos e mostrem-lhes esta página que a NASA lhes disponibiliza.
Divirtam-se!
Jiminy Cricket
1/16/2004 02:36:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Branca de Neve - Espelho[0091/2004] (count down 04)
O espelho da São Caetano à Lapa

O PS está debilitado e a sua direcção é fraca. Os adjectivos empregues são da pessoa na qualidade de cherne e não de nosso Primeiro.
Aplicando uma célebre máxima da política nacional é caso para dizer ao Presidente do PPD: olhe que não, olhe que não!
Será que o cherne virou Branca de Neve? Deve de haver um espelho, num dos gabinetes da São Caetano à Lapa, que responde às questões colocadas pelo líder. À questão colocada pelo peixe de O´Neill: espelho meu espelho meu, haverá Governo mais debilitado e fraco do que o meu?, o espelho consente a resposta negativa.
Como o espelho já tem tarimba e foram muitos e bons os que passaram pela sua face, a sua sinceridade não quis iludir o actual chefe máximo da casa.
Chegado à reunião do partido, e tentando disfarçar o descalabro que estão a provocar no país, não havendo nada para dizer, tentou-se tapar o sol com a peneira e atira-se para os adversários directos (PS) aquilo que realmente traduz a política do Governo: fraca e débil… Devem ter sido proferidos mais alguns adjectivos, mas se eles fossem ditos certamente que se notava que o cherne estava a falar precisamente do conjunto político governamental que lidera e não do partido da oposição.
Por falar em Branca de Neve, e como a cultura parece ter virado moda, recentemente, nas hostes laranjas, se João César Monteiro fosse vivo e quisesse empregar um tom ainda mais escuro ao seu filme "Branca de Neve", por mais que se esforçasse, nunca conseguiria atingir a sombra tão angustiante que estes governantes lançaram sobre o país, desde que chegaram a São Bento.
As causas da cultura política, social e económica actuais, destes senhores, são definitivamente, isso sim: fracas, débeis e sobretudo prejudiciais para os portugueses e para Portugal.
CMC
1/16/2004 12:53:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



quinta-feira, janeiro 15, 2004
 
IS

[0090/2004] (count down 05)
Trabalho de casa

Os socialistas, sociais-democratas e trabalhistas têm sempre como prioridade responder aos desafios que o mundo em constante mudança coloca.
É isso que o Presidente da Internacional Socialista fará brevemente na Índia.
CMC
1/15/2004 07:39:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Pasok[0089/2004] (count down 05)
Que os gregos iluminem os espanhóis

A dois meses do acto eleitoral, os camaradas do PSOE parecem andar um pouco à deriva. Se a esta falta de norte juntarmos a investida basca de uma quase independência, de um acordo catalão algo impróprio e a saída do grande político espanhol do momento, PSOEJosé Maria, substituído por uma sombra sem a capacidade política à altura do Estado nuestro hermano, o que deveria possibilitar e em muito uma vitória socialista,
sinceramente, com todos estes factos, penso que o resultado de 14 de Março vai ser uma surpresa.
Que o dia 7 de Março promova boas notícias, agora que o PASOK está mais perto de alcançar a vitória, quando há ainda bem pouco tempo davam a vitória quase certa à Nova Democracia.
Possam os camaradas gregos inspirar os espanhóis!
CMC
1/15/2004 07:18:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Raffarin[0088/2004] (count down 05)
Letras de um gaulês aos europeus

Segundo nos informa o empregado de Monsieur Jacques, ele falou com o nosso Primeiro.
Qual teria sido o debate? Quem é o comandante do avião europeu? Pelas personalidades em causa, provavelmente não devem ter chegado a nenhuma conclusão.
Um, de certeza, defendia o patrão do Eliseu sem expressar mais nada para além da defesa da Dama, e o outro deve ter dito que por mais que tentasse não conseguia ler as estrelas e por isso continuava a governar, isto é, assobiar e olhar para o céu à espera que aparecesse algo escrito. Entretanto quem se lixa são os gauleses e os lusitanos.
Porém, há algo, na confissão do empregado de Monsieur Jacques, engraçado. Então o mordomo do Eliseu diz que tem um Governo seu? Se o patrão lê a missiva, mais dia, menos dia, lá é despachado do seu presente serviço.
Quanto à defesa da UE, há um ponto em que concordo inteiramente com o senhor. Na realidade a França sempre defendeu a União, mas se estes líderes gauleses estão ao nível de quem defendeu, anteriormente, sem constrangimentos nacionais a Europa, há algo que não bate certo.
O problema, ao fim e ao cabo, é a mania das cópias. Um pensa que é o General, mas nem aos calcanhares lhe chega, outro pensa que é o Professor e quanto mais rigoroso quer ser nas Finanças, maior é o descalabro.
Assim anda a Direita europeia.
CMC
1/15/2004 06:44:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Ovelha Louca




[0087/2004] (count down 05)
Ovelhas Loucas


Será que vamos ver outro ministro a comer miolos, desta vez, de borrego?
LT
1/15/2004 03:39:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Telepac[0086/2004] (count down 05)
Alô! Alô!

- Boa tarde. Apoio a clientes Telepac. Fala Telepouco da Silva (nome fictício)
- Boa tarde. Tenho uma conta aí na Telepac onde está instalado um site...
- Quer-me dizer o nome da conta?
- É o op9999. (número fictício)
- Quer-me dizer o seu nome?
- Luís Tito.
- Sr. Luís Tinto.
- Não é Tinto, é Tito.
- Sr. Luís Pinto.
- Não é Pinto, é Tito.
- Importa-se de soletrar o seu nome, Sr. Luís?
- Tê i Tê ó.
- Importa-se de repetir?
- Tango India Tango Oscar.
- Muito obrigado, Sr. Luís Tito. Qual é a avaria que quer reportar?
- Desde hoje de manhã que não consigo aceder ao meu site http://psbenfica.sitepac.pt
- Sr. Luís Tito, sei que há uma avaria num dos servidores desde as 4 da manhã. Importa-se de aguardar um momento enquanto consulto os serviços técnicos para verificar se é o caso do que aloja o seu site?
- Faça favor.
(Música esganiçada e altíssima)
- Sr Luís Tito, muito obrigado por ter aguardado. Confirmo que o seu site está alojado no servidor que está em manutenção. Pretende mais alguma informação?
- Sim, sim. Quero saber quando é que prevêem ter a avaria reparada.
- Dentro de algumas horas. Mais alguma questão, Sr. Luís Tito?
- Sim, sim. Dentro de quantas horas? É que para além do mais, esse site aloja textos e imagens que estão linkadas noutros sites e blog’s. Neste momento estão todos com deficiências.
- Compreendo, Sr. Luís Tito. Talvez mais um par de horas. Posso ser-lhe útil em mais alguma coisa?
- Oh Sr. Telepouco da Silva. O Sr. Foi muito pouco útil até agora. Limitou-se a confirmar uma avaria que eu já conhecia. Se quer ser útil em alguma coisa diga aos serviços técnicos da Telepac que se despachem. Que existem clientes com sites alojados nessa Companhia que podem estar a ter grandes prejuízos e que o nosso contracto garante um serviço de 24/24 horas.
- Muito bem Sr. Luís Tito. Mais alguma coisa?
- Não, Sr. Telepouco da Silva. Mais nada, Obrigado.
- Sr. Luís Tito, continuação de boa tarde.
- Como se fosse possível!
Plimmmmm.
Esta conversa telefónica não estava em segredo de justiça. Passou-se às 14:00 horas. Enquanto não conseguirem ver imagens na coluna da esquerda, a avaria mantém-se. Vamos ver quantas horas tem o par de horas da Telepac.
Jiminy Cricket
1/15/2004 03:16:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Grave[0085/2004] (count down 05)
Contagens decrescentes

Sem angústias, todos permanecemos em contagens decrescentes desde o momento em que nascemos.
Faz parte da nossa finitude.
É intrínseco à nossa condição de existir, para depois finar.
Em política é imprescindível essa percepção. Em democracia dá-nos a permanente consciência de que o poder é temporário.
Por isso os projectos se definem com um tempo. Após a conclusão do projecto ficará a obra por ele planeada que a ser considerada válida pelo sucessor, terá continuidade.
Dado o carácter temporal do poder como será possível projectar além do mandato?
É inconsequente, é imoral.
O tempo estabelecido para determinado projecto responsabiliza e obriga à prestação de contas uma vez extinto o prazo.
Boa regra, esta dos projectos com prazo.
LT
1/15/2004 12:47:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Cintos



[0084/2004] (count down 05)
País real [ II ]

A retoma moderada anunciada pelo Governo fará baixar o número de falências?
"Os números não deixam antever isso. O Governo tem dito que há menos empresas a fechar, mas no último mês temos assistido exactamente ao contrário. Por isso,na nossa opinião as falências vão continuar aumentar."

Mais palavras para quê? Infelizmente, é uma constante da actualidade.
CMC
1/15/2004 03:26:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Sonhos[0083/2004] (count down 05)
Os nipónicos no seu melhor

Há com cada uma!
Pergunto-me: o diria Freud sobre isto? Os divãs podiam conhecer a sua extinção. Mas, no nosso país, se a comercialização se verificar, das duas uma: ou o país fica todo o dia agarrado à maquineta pretendendo esquecer os problemas, ou será sempre muito pouco para nos afastarmos momentaneamente da realidade, por muito onirismo que nos proporcione.
Penso que a segunda opção é a única provável. Mesmo a dormir, tal não é o descalabro em que nos encontramos, os sonhos emigraram ou fugiram.
Se calhar devem ter vendido os nossos sonhos para arranjar algum pilim tentando com essas coroas tapar o défice que escavam.
Assim como o divã, em vez de se encontrar em extinção, deve estar, necessariamente, em franca expansão.
CMC
1/15/2004 02:50:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Cintos[0082/2004] (count down 05)
País real [ I ]

O nosso Primeiro passou os últimos dias no norte do país. Entre inaugurações para câmara filmar e máquina fotografar, houve e há uma realidade que ficou esquecida, ou foi contornada, e não constou do leque de problemas a enfrentar, muito menos se abordou tal questão: o desemprego.
Quando tudo parece belo e bonito, no momento das inaugurações para encher olho, há um país real que sente as dificuldades no dia-a-dia.
O Presidente da Federação do PS Porto, Francisco Assis, vem evidenciar o que existe e preocupa verdadeiramente o país real. Aliás, desde que esta coligação chegou a São Bento a região nortenha foi uma das mais afectadas com o desemprego, graças às políticas numéricas dos nossos desgovernantes.
Senhor Primeiro, por mais que elogie a sua governação, há uma virtude que ninguém consegue retirar a este Governo: o aumento do desemprego.
E, por este andar, o défice, a tal obsessão, depois de vendidos todos os anéis, e os dedos, única forma de atirar alguma areia para os olhos, também atingirá, isto se já não atingiu, o sentido ascendente, tal como o desemprego.
Qual é a verdadeira política desde desGoverno para Portugal e para os portugueses que não a do apertar o cinto?
Talvez seja isso mesmo, a única e orgulhosa política que ostentam seja a do cinto. Nada mais têm para oferecer ao país. Portugal não pode continuar a ser governado desta forma. Primeiro as pessoas.
CMC
1/15/2004 12:18:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



quarta-feira, janeiro 14, 2004
 
Popov[0081/2004] (count down 06)
O circo?

Segundo o porta-voz oficial do regime, segunda-feira, nos E.U.A., vai começar o circo. Curioso, de facto.
Não me recordo, mas pode alguém avivar-me a memória, das profecias deste grande mago da análise política nacional e internacional e se há quatro anos este senhor também fazia parte da comitiva circense, a mesma que aparecerá no próximo dia 19, agora não estando a tenda do lado do animal com trombinha?
Ainda me recordo, como ele tremeu com os resultados das primárias.
Continua a valer-nos a lucidez de quem vê tão turvo. Popov que se cuide!
CMC
1/14/2004 07:24:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Angola[0080/2004] (count down 06)
3,1 mil milhões de euros

Esta é a prova provada que o mal, estilo muito típico dos filmes Guerra das Estrelas, não residia só no lado daqueles que seguiam o líder carismático que foi abatido na savana.
Quando um dos países mais ricos do mundo se encontra no lugar oposto à sua potencialidade, algo não está bem. Nunca esteve bem.
Quem tem responsabilidades? Muitos, evidentemente.
A nível partidário, dos dois principais partidos, só um evidenciou abertura democrática, também era a única forma de se afirmar e querer romper parcialmente com um passado sangrento. O outro partido, com mais responsabilidades, por que governa, teve um congresso à imagem das suas raízes. De braço no ar, como cordeiros a obedecer ao líder, chefe este que já tinha prometido sair de cena. Pelos vistos, e devido ao desaparecimento do rival, como se este fosse o responsável por todo o mal angolano, o senhor não só recuou com a intenção de se retirar como pretende prolongar a sua estada.
Angola precisa de novos políticos, de novas pessoas e necessita, urgentemente, de dar à sua população cidadãs e cidadãos capazes de fazer de um dos países mais maravilhosos do mundo, não um país de desgraça, mas uma terra de prosperidade, onde os sonhos podem brotar com a mesma facilidade com que se semeia e colhe na terra fértil.
Chega de compadrios. Basta de alimentar um grupinho que vive sem problemas, enquanto milhares de compatriotas continuam a viver sem condições dignas de qualquer Ser Humano.
CMC
1/14/2004 07:06:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Preservativo / Condom[0079/2004] (count down 06)
Coliguin Doctor

O nosso Gorjin doctor que o Rui do Afufe e agora o Nuno, comandante em debandada (atenção aos motins) da nau do Mar Salgado preferem apelidar de Spin, anda na pesquisa de temas bons para fazer abanar coligações periclitantes.
Atirou-lhes com a prostituição. Não pegou! Veio logo o homem do charuto da Madeira dizer que era uma prostituta velha e a polémica, mesmo com a cara à banda do santinho da Praça de Londres, ficou-se por ali.
Atirou-lhes com a Regionalização, mas à excepção do tal comandante acima referido, mais ninguém se acusa como verdadeiro opositor de tempos idos. (Aqui aproveitou a oportunidade para um picanço aos adormecidos do País. Já agora e fora deste contexto o nosso Belga de serviço anda muito interessado no Chiado. Saudades do Café da Brasileira?)
Atirou-lhes finalmente com o HIV/SIDA/AIDS, tal como já nós, sem comentar, havíamos aqui feito, e continua a aguardar (tal como nós) que isso crie alguma reacção oposicionista. Ai se alguém começa a falar nisto, não é Paulo? Na falta de mais, o látex será sempre o apanágio da não contaminação. Mas aí o acto sexual não serve para aquilo que foi feito e como diria Natália a Morgado:
"Já que o coito diz Morgado / tem como fim cristalino, / preciso e imaculado / fazer menino ou menina / e cada vez que o varão / sexual petisco manduca, / temos na procriação / prova de que houve truca-truca, / sendo só pai de um rebento, / lógica é a conclusão / de que o viril instrumento / só usou - parca ração! uma vez. / E se a função faz o orgão - diz o ditado - / consumada essa excepção, / ficou capado o Morgado?"
LT
1/14/2004 04:19:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Blog's[0078/2004] (count down 06)
Blog's das Forças políticas e sociais [ II ]

Já por diversas vezes se aflorou este tema no Ter Voz.
Diz-nos CMC que com a campanha eleitoral americana fica provada a importância e vitalidade que esta forma interactiva já representa no relacionamento das forças políticas (e movimentos sociais) com os cidadãos.
Na cola de um comentário de Pedro Guedes deixado no Post imediatamente abaixo, onde refere que os Blog's não substituem os WebSites, gostaria de observar que nas tecnologias da informação e da comunicação existem muitos produtos e subprodutos que, embora à primeira vista possam parecer similares e como tal serem utilizados em opção, não o são.
São produtos complementares que se destinam a libertar os seus utilizadores de posturas tradicionais na divulgação da sua informação e reflexão. (Existem muitas outras ferramentas complementares auxiliares como os telemóveis, as Palm, os equipamentos de rua, etc.).
Bush Os Websites deverão obedecer às normas de sistematização da informação e funcionar como o repositório que permite disponibilizar os suportes bibliográficos, tanto documentais como informativos.
Os Blog's, principalmente se contiverem comentários, são ferramentas de interactividade. Aqui a informação não estará obrigatoriamente sistematizada, embora com as novas ferramentas já seja possível agrupá-la. O espaço Blog é muito mais ligeiro porque dirigido a uma comunidade de utilizadores que, mesmo sendo bons Deanutilizadores, não têm de ser informáticos ou das áreas dos sistemas de informação. São os donos da própria informação, a maior parte das vezes só opinativa sobre os assuntos que abordam. Não têm obrigatoriedade de transmitir, ao contrário dos WebSites, as "posições oficiais" das forças políticas e sociais com que se identificam.
As forças sociais e políticas que não entenderem a necessidade de se expor, mesmo correndo o risco de polémica com os habituais comentadores anónimos apostados na destruição sistemática, nunca entenderão que o diálogo informal fora e para além das paredes dos Partidos e das suas sedes é hoje fundamental para a nova forma de estar no mundo. Continuarão a falar entre e para si, não ouvindo e aprendendo com os outros, distanciando-se cada vez mais do pensamento que vai muito para além das fronteiras irracionais de Direita ou de Esquerda.
LT
Nota I: Este Post comprova uma interactividade quase impossível institucionalmente. Os comentadores do Ter Voz interagem com o comentador do Último Reduto numa normalidade democrática exemplar. Sem complexos e sem intenção de "catequisação". (como se diz no Post: - normalidade para além das fronteiras irracionais da direita e da esquerda)
Nota II: (Em jeito de graça) Talvez por isso o nosso parceiro bloguista hoje esteja tão contente. Muita da sua audiência não concorda com o seu conteúdo o que não quer dizer que os textos lhe seja indiferente :)
1/14/2004 01:09:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text
.