Ter Voz


Partido Socialista
Partido Socialista
Secção de Benfica e
São Domingos de Benfica
Lisboa
Portugal em Acção

Verba Volant,
Scripta Manent



Estamos constantemente a utilizar termos que têm uma intenção e uma extensão que não são inteiramente aptas;
teoricamente, são em princípio criados para serem aptos;
mas se não o conseguem, então terá de ser encontrada uma outra maneira qualquer de lidarmos com eles, de modo que possamos saber em qualquer momento aquilo que pretendemos significar.
T.S.Eliot








Arquivos
Abril 2003

Maio 2003

Junho 2003

Julho 2003

Agosto 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004


Contacto @mail
Ter Voz


* Membro efectivo *
BlogA!?




Blogs PS
Blog Vozeirão Virtual

Blog Forum Cidade

Atitude
Baixo Alentejo
O Desenvolvimento sustentável
Fórum Cidade
Independências
Notícias breves PS Santarém
Política com arte
Vereadores PS Câmara Lagoa
Vozeirão Virtual


Apontadores e Alojamento Blog
Bloco Notas
Blogo
Blogs em PT
Blogs no Sapo
Frescos
Weblog.com.pt (Pt)


Para saber...
Portal Maçónico
Opus Dei
Estudos sobre o Comunismo (Pt)


Toma lá...
Abrupto
Quadratura do círculo

Toma lá... Dá cá...
<- A ->
Adufe (Pt)
Almocreve das Petas
Analiticamente Incorrecto
Anarca Constipado
Ânimo
Arte de Opinar (Pt)
Avatares de um desejo
Aviz

<- B ->
Barnabé (Pt)
Bazonga da Kilumba
Bloga!? (Pt) *
Blogame Mucho
Blogo Social Português
Bloguítica
Bota a cima (Br)
Buba
O Bugue

<- C ->
O Carimbo
Causa Nossa
Cidadão Livre
Congeminações (Pt)
Cruzes Canhoto

<- D ->
Daedalus
Dentadas
Desblogueador de Conversa
Descrédito
Des-encantos
Dicionário do Diabo

<- E ->
A Espada Relativa
Estaleiro
Exacto

<- F ->
Os Filhos da Madrugada (Pt)
Fumaças (Pt)

<- G ->
Gang-Grupo Arquitectos
Gato Fedorento
Glória Fácil
Governância
Grande Loja Queijo Limiano

<- I ->
Indis(pensáveis)
Irreflexões

<- J ->
Jaquinzinhos
Janela para o Rio (Pt)
Jornalismo e comunicação
O Jumento

<- K ->
Klepsýdra

<- L ->
Laranja Amarga (Pt)
Liberdade de Expressão
Linhas de Esquerda

<- M ->
Mar de Abrantes
Marretas
Mar Salgado
Mata-Mouros
Memória Virtual (Pt)
Mephistopheles
Método Eleitoral *
Miniscente
O Miradouro

<- N ->
A Natureza do mal
Nimbypolis
Notas Verbais

<- P ->
O País Relativo
Paulo Gorjão
Para mim tanto faz
No Parapeito
Penduras
Pedra no Charco
A Pente Fino
Pessoal in Transmissível
Picuinhices
Poetry Café (Pt)
Pelourinho de Lisboa
Ponto Media
Ponto e Vírgula
A Praia
O Prazer da política

<- Q ->
4ª Ferida Narcisica

<- R ->
Respirar o Mesmo Ar

<- S ->
Satyricon
Ser Português(Ter que)
Silêncio (Pt)
Solidariedade Blog *
Solistência (Br)

<- T ->
Tá de Chuva (Pt)
Tanto País (scheeko) (Pt)
A Teia
Terra do Sol
Terras do Nunca
Tlix
A Toca do Gato
Três Tesas não pagam dívidas (Pt)
Tugir em português

<- U ->
Último Reduto (Pt)
Umbigómetro (Pt)

<- V ->
A Verdade da Mentira (Pt)
Veto Político
Viva Espanha

* Blog's colectivos de que o Ter Voz faz parte

RIP
Politicamente incorrecto


Technorati

Jiminy Cricket

Contador (site) Contador (site) Contador (site) Contador (ext) Contador (ext)






Partido Socialista
Benfica e
São Domingos de Benfica
Lisboa



a Secção Outubro-Dezembro 2003
a Secção
Outubro/Dezembro 2003






Google
Outros WebSites

Partido Socialista
Site Oficial do PS

GP PS
Grupo Parlamentar PS

Benfica/S.Domingos Benfica
Benfica/S.Domingos Benfica


Euro2004


Blog Ter Voz
www.tervoz.blogspot.com




Ter Voz
Um Projecto a dois anos para o
PS Benfica e São Domingos de Benfica - Lisboa

terça-feira, dezembro 23, 2003
 
Natal



Carta de Natal,
não ao Pai Natal, mas à señorita Valquíria

Señorita Valquíria,
Bem sei como gostaria de habitar aqui, em Lisboa, nomeadamente nas bandas da 7ª Colina. Não mora, não trabalha e está distante, perto da Meia Praia. Enfim, nem todos podemos ter sorte na vida... é a vida!
De facto, esta pérola urbana que vai do Rato ao Cais do Sodré, contendo no seu meio o Bairro Alto é uma das maravilhas da capital. Quem é que não aprecia? Nem mesmo a señorita Valquíria consegue disfarçar essa paixão por esta colina da cidade de Lisboa.
Por isso, não roa mais as unhas, sempre que vier é bem recebida, como qualquer pessoa. Nós, nestas bandas, recebemos sempre bem. É tradição e orgulho deste bairro.
Quanto ao seu sobrinho, reconheço-lhe a humilde, mas a si, se calhar a palavra é semelhante mas não é a mesma, será: humidade? É uma questão de esperar pelo período ideal para secar. A altura do ano em que acolhe em sua casa todos os seus sobrinhos, lá mais para Agosto. Mas a partir de Maio o clima já ajuda. De qualquer forma informo-a da existência já há alguns anos de máquinas que a podem ajudar a solucionar esse problema.
Quanto ao JPP e à sua hipotética biblioteca e ao meu futuro como analista de bombas, estilo NR (o que descreve todos os parafusos dos submarinos), dos santos populares, não se preocupe, não vou por um caminho nem pelo outro. Não vou por aí!, tal como Régio. Queria-me especialista nesta área? Já me imaginava, em plena Avenida da Liberdade na noite de 12 para 13 de Junho, em directo, com uma televisão a meu lado para poder descrever os foguetes a serem empregues nessa noite no céu de Lisboa: "é uma KJ, fabrico nepalês, teve grande saída no Lesoto. Esta imagem mostra-nos outro género de bomba, tipicamente islandês, teve algum sucesso, relativo, no Suriname, pelo exótico que representou, e também foi adquirido, há uns anos pelo Equador, mas sem o mesmo impacto. Devo referir que é bastante acessível pegar na bomba, ela é de manejo fácil, muito mais... por exemplo, esta agora, que estamos a ver, vê-se que pela sua dimensão não é nada prática de utilizar, esta é uma Xixoxi, fabricada na Papua - NovaGuiné, bem conhecida e utilizada no Pacífico sul... esta agora, na imagem, é uma Litau, teve algum sucesso comercial, aquando da transição de Hong Kong para a China, fabricada por técnicos orientais em Gibraltar, notamos pela cor, quando explode, há um raio de faíscas vermelhas, que podemos ver, provocadas, precisamante, pelo parafuso que na base conduz a um sentido diferente daquele que o engenho produz..." Francamente!
Por conseguinte, leio o mesmo de sempre nos seus textos, esse amor escondido ao Bairro Alto. Se no Verão der um pulinho, cá acima, eu falo com o seu sobrinho e faço questão que ele a traga a este paraíso na cidade e ofereço-lhe uma bela de uma sardinha assada em pleno Bairro Alto.
Como é Natal, repare na minha bondade para consigo – quem diria?!, deixo-lhe uma prenda para si e outra para a sua amiga do y. Não me esqueço de vós! Espero que gostem.
Votos de um Feliz Natal e não abuse dos doces!!
Bairro Alto, 23 de Dezembro de 2003
CêéMeCê
12/23/2003 06:47:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text
.